Protesto Silencioso
Postado por Maha - | Categorias: , ]

Clique na foto para ampliar

Imagine você andando por uma rua e de repente se depara com uma pessoa literalmente pegando fogo. Pois bem, foi isso que aconteceu em 11 de Junho de 1963, em Saigon.
O monge budista vietnamitaque, Thinch Quang Duc, nascido em 1897, ateou fogo sobre seu próprio corpo em protesto contra a maneira como sociedade oprimia a religião budista em seu país. O ato aconteceu numa rua movimentada de Saigon e foi repetido por vários outros monges.
O autocontrole do monge foi tão notavel que enquanto seu corpo ardia em chamas, manteve-se completamente imóvel, não gritou e muito menos soltou qualquer ruído até a sua morte.
Conforme a tradição budista, seu corpo foi cremado. Durante a cremação seu coração manteve-se intacto, que foi o suficiente para ser considerado quase um santo. Seu coração foi deixado aos cuidados do Banco de Reserva do Vietnã, onde é mantido como relíquia.

2 Comentário(s), faça o seu também!!!

Cecília disse... @ 14 de junho de 2010 16:51

Nossa que história linda!!!Que forma forte e obstinada de lutar contra as rédeas que o oprimiam.Um verdadeiro ato de coragem.
Bjos

Protestos disse... @ 21 de junho de 2010 10:20

É incrível como uma religião tão pacífica precisa de tanto para conseguir atenção, este tipo de ato contra a liberdade deveria ser punido pela ONU.

Postar um comentário

Faça seu comentário, será bem vindo!
Todos os comentários serão moderados, então por favor não escreva ofensas ou faça alusões a qualquer tipo de preconceito.

Os comentários dos leitores não refletem as opiniões do blog.

Posts Relacionados