Dicionário de Porto Alegrês para iniciantes
Postado por Maha - | Categorias: , ]

Bom, depois que publiquei aqui o dicionário Paulistanês, recebi esse da Daniela espero que gostem. Achei muitpo curioso e divertido.

Algumas do Dicionário de Porto Alegrês:

SOLTAR OS CACHORROS/SOLTAR AS PATAS: bater boca.
PELEIA: briga.
TER OUTRO POR DENTRO: quando nos surpreendemos com alguma pessoa, quando ela mostra uma qualidade até então escondida.
NÃO SEI, NÃO QUERO SABER E TENHO RAIVA DE QUEM SABE: se te perguntarem alguma coisa e tu não queres dizer, já sabe o que responder.
DE BARRACA ARMADA: bom, este não precisa traduzir, ne?
CONVENCIDA: cheia, exibida.
TRÊS, PARA CASAR: desculpa dos três beijinhos, quando se conhece alguém.
SE APROCHEGA: se aproxima.
ESTAR COM PÉ ATRÁS: desconfiado.
NÃO VALE O FEIJÃO QUE COME/NÃO VALE UM PEIDO: imprestável.
NÃO TE FAZ: advertência contra quem está se fazendo. Faz uma coisa e diz outra.
NÃO TEM NADA A VER O CU COM AS CALÇAS: quando uma opinião não tem nada a ver com o assunto.
MULHERIO: "coletivo" de mulher.
ENCASQUETAR COM: insistir em algo.
CATARINA: quem nasceu em Santa Catarina.
A DAR COM PAU: em grande quantidade.
PARECE UM BICHINHO DA GOIABA: quando a pessoa é muito feia.
COBRADOR: trocador, o que cobra a passagem do ônibus.
SINALEIRA: sinal, semáforo, farol.
FAZER COSQUINHA: fazer cócegas.
ONDE JUDAS PERDEU AS BOTAS: lugar muito longe, "lá no fim do mundo".
CACETINHO: pão francês.
TORRADA: misto-quente.
XIS: chesseburger.
METER OS PEITOS: enfrentar.
MARCA DIABO: produto de má qualidade, da marca diabo.
DEITADO: sujeito folgado.
DE RENGUEAR CUSCO: acompanha qualquer expressão referente ao frio intenso.
NUNCA VI MAIS GORDO: diz-se quando nunca vimos a pessoa.
ESTAR COM BICHO CARPINTEIRO: não parar quieto.
RATO: Polícia Civil
PORCO: Polícia Militar

Bom, acho que com essas expressões tu já consegue "se virar" (no bom sentido) aqui no Sul.
Beijos.

2 Comentário(s), faça o seu também!!!

Daniela Figueiredo disse... @ 16 de julho de 2009 23:09

Mas bah, guri. E não é que fizeste um post! Essas expressões regionais, seja paulistanês, porto alegrês, carioquês, e tudo aquilo terminado em "es" são tri!
Beijos pra ti, mas três (para casar).

PS: Para quem é curioso a respeito, indico o livro "Dicionário de Porto-Alegrês", de Luís Augusto Fischer.

Maha disse... @ 19 de julho de 2009 11:51

Daniela, mas eu tinha que fazer um post sobre seu comentário hahahha Mais um dicionário hehehe
bjs!

Postar um comentário

Faça seu comentário, será bem vindo!
Todos os comentários serão moderados, então por favor não escreva ofensas ou faça alusões a qualquer tipo de preconceito.

Os comentários dos leitores não refletem as opiniões do blog.

Posts Relacionados