Batalha das Toninhas
Postado por Maha - | Categorias: , ]

Professor muito louco explicando aos alunos como foi a participação do Brasil na primeira guerra mundial, a Batalha das Toninhas!!! muito louco!!

video

Um leitor disse que o professor chama-se Carlos e leciona no Objetivo de Brasilia, pelo pouco que vimos ele deve ser muito querido e suas aulas devem ser bacanas ao ponto de um aluno filmar.

Eu lembro de alguns professores que tive e alguns deles tinham como características dar aulas de forma despojada e irreverente. Um deles era o Prof. Epaminondas, dava aula de matemática e todas as fórmulas ele ensinava contando alguma história, ele dizia que era mais fácil lembrar de uma piada ou história do que lembrar propriamente da fórmula. E posso dizer que muitas questões eu resolvi lembrando de suas piadas ou histórias. Outro foi o Prof. Heitor de informática, esse fumava muito, o que ele tinha de diferente? Era que falava muitos palavrões, enfim ele explicava alguma coisa dai falava uma palavrão qualquer e dizia como é que essa bosta funciona assim. Pronto todos caiam na gargalhada da maneira como ele se expressava. O cruel era sair da aula dele fedendo a cigarro.

O que vocês acham dos professores que dão aulas de forma irreverente?

17 Comentário(s), faça o seu também!!!

Anônimo disse... @ 28 de março de 2009 12:20

hahahahahhaa
Eu queria ter um professor assim... Eu iria rir muito!!!

vlw

Blog do Tophe disse... @ 29 de março de 2009 11:45

Maha essa figura é de minha época. Grande Carlos é uma assumidade em História.

Maha disse... @ 29 de março de 2009 14:09

Tophe: eu tinha um professor de matemática olha só o nome dele Epaminondas, esse cara era um sarro em pessoa, deixava todos felizes em estudar sua matéria. Acho que é por isso que sou bom com números.

E obrigado pelos toques no texto "A semana complicada".

abraços

João Marcelo disse... @ 1 de abril de 2009 09:01

Cara, batalha das toninhas é PRIMEIRA GUERRA, não SEGUNDA... corrige ai :)

AlphaMale disse... @ 1 de abril de 2009 09:43

òtimo professor hein, sempre me dei muito bem com os professores que tive, até por não ser de origem brasileira sempre tive apoio deles....
Mas este realmente é muito bom, além de criativo tem um jeito irreverente de propor o conhecimento. Eu mesmo nunca vo esquecer cada detalhe dessa historia, e os fatos históricos tão ali... incrivel.

Anônimo disse... @ 1 de abril de 2009 09:44

essa 'história' ficaria muito boa numa mesa de bar... mas, na sala de aula??? humm, é meio complicado. desinformação total = confusão na cabeça do aluno.

Maha disse... @ 1 de abril de 2009 12:03

João Marcelo: Obrigado pelo toque, já fiz a correção. Como recebi o vídeo e no texto falava sobre a segunda guerra mundial foi assim que repassei, nem me dei ao trabalho de pesquisar, mas mesmo assim obrigado pelo comentário e pela visita.
abraços

AlphaMale: Realmente tem professores e professores, cada um no seu quadrado. Mas existem aqueles que sempre vão estar presentes em nossas memórias.
Abraços e obrigado pela visita

Anônimo: Acho que a proposta do professor no caso em questão, foi de ironizar um pedaço de nossa história. É claro que ele vai explicar direito como foi o caso. Mas numa conversa de bar seria bom também.
Abraços

Prof. Mateus Vito disse... @ 1 de abril de 2009 15:51

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

A parte que ele diz se o Greenpeace aparecer tamo fudido, foi ótima!!!

Muito boa mesmo! Aliás seu blog tem coisas surreais, gostei!

Abraços

Anônimo disse... @ 1 de abril de 2009 22:08

Bruno. Graduado em História nesse país onde tristemente se celebra uma porcaria dessas como a do vídeo.
Professor desrespeitoso com a história de sua pátria, das Forças Armadas que juram protegê-lo com a própria vida e um lamentável exemplo do que se transformaram as ciências Sociais nesse país...

Ridículo.

O objetivo do professor em sala de aula é ensinar, não fazer rir. Além disso, há de se ter o mínimo de decência na linguagem.

Não me espanta ver um post dizendo que ele é uma assumidade ( o correto é SUMIDADE). De um professor assim só pode resultar mesmo uma enorme ingnrância como esta.
Maha: Duas questões: Publicar um texto num blog sem verificar o contexto é muito complicado.
Segundo: Nem ele nem ninguém tem direito de ironizar a história... Quem é ele pra falar em ambiente de guerra? Sabemos o contexto da batalha das toninhas ????

Lamentável...

Apesar disso, parabéns pelo blog.

Maha disse... @ 2 de abril de 2009 14:17

Bruno: Obrigado pela visita ao meu blog.
Com relação as questões levantadas por ti e inclusive da sua indignação, posso dizer algumas palavras.

Bom, concordo que não podemos ridicularizar a nossa História e muito menos a dos que por ela se sacrificaram e ainda o fazem. Como você mesmo disse não sabemos o contexto da guerra das toninhas, assim como não sabemos o contexto da aula do Prof. em questão. Não é uma defesa ao Prof. mesmo porque nem o conheço e sim que não devemos jogar pedras ou condenar sem antes saber de todos os fatos.
Como não é o meu caso agir como juiz e sim apenas o de mostrar coisas engraçadas e surreais de nossa vida.
Também publico assuntos de interesse geral e educativos, isso mostra o quanto sou interessado em nossa cultura de modo geral.

Mas é isso aí!! Dialogar, conversar, divergir e acima de tudo se entender.

Valeu pelo comentário mesmo, isso mostra que tu tens opiniões e personalidade e mais ainda que estamos vivos para interagir com outros de nossa espécie.

E viva as diferentes visões de um mesmo tema.

Abraços e volte sempre!

Anônimo disse... @ 2 de abril de 2009 17:46

Bruno de novo.
Passo apenas pra deixar claro que a única crítica que fiz a você foi pelo fato de não ter anteriormente verificado a fonte... coisa tola. Peço desculpas pela indelicadeza contigo.

Em relação ao professor, repito veementemente: coisas assim não podem ser permitidas numa sala de aula sob pretexto algum e sob contexto algum.

De teu blog nada tenho a reclamar. Ganhastes um fã e leitor assíduo daqui pra frente.

Forte abraço, desculpas pela indignação e votos de sucesso sempre

Maha disse... @ 2 de abril de 2009 20:10

Bruno: De forma alguma fiquei magoado ou chateado com seu comentário.
E não precisa pedir desculpas por você ter expressado sua opinião, afinal de contas é assim mesmo, o que seriam dos feios se não fossem as mulheres que amam cegamente. Essa foi infame, sei disso, rsrsrs.

Abraços e sinta-se a vontade de comentar sempre que quiser.

Anônimo disse... @ 7 de abril de 2009 09:21

Eu não acho que tenha problema algum o método que esse professor utiliza pra ensinar. Eu já tive professores como ele e na verdade, esse tipo de atitude eles usam mais pra gente se interessar mas depois explicam muito bem. Aliás, eu nunca me interessei pelas materias de todos os professores rígidos e que tinham uma atitude totalmente profissional na sala de aula. Eu odiava pensar que eu ir ter que aguentar durante uma hora ou mais esse professor...
É horrível ter que estudar com um professor que, por exemplo, não conte uma piada, história ou o que seja pra descontrariar em nenhum momento. Até os professores mais brilhantes que eu já tive sempre nos faziam rir.

Maha disse... @ 7 de abril de 2009 09:44

Anônimo: Essa é a idéia! Todos opinão isso que é bom. Eu tinha um professor de portugues que era um porre, entrava na sala, fazia a chamada, começava a falar e não parava mais. A aula dele era sufocante porque além da matéria em si exigir atenção o cara era um verdadeiro brucutu. No ano seguinte colocaram uma professora e apesar de ser mulher ela era hilária e com isso suas aulas eram queridas por todos. Isso não significa que todos os professores devem entrar rindo na sala, isso vai da personalidade de cada um.

abraços e obrigado pela visita

Anônimo disse... @ 2 de novembro de 2009 16:29

po bem legal essa aula, mas sacanear com os médicos já é demais também,alguns médicos ganharam medalhas, fora soldados BRASILEIROS que foram condecorados com a MEDALHA DE PRATA que é dado pelo serviço americano por arriscar se em prol da vida de seus compnheiros = bravura.
Mas se ele explicar isso depois para os alunos tudo bem.

dinho design disse... @ 8 de dezembro de 2009 19:39

Ótima aula, impossível desconcentrar-se

Anônimo disse... @ 25 de janeiro de 2010 16:00

É impressionante como um boçal destes trata a nossa História. Aliás, brasileiro não dá a mínima mesmo para História... Respeito passou longe... Se fosse futebol era outra coisa...

Postar um comentário

Faça seu comentário, será bem vindo!
Todos os comentários serão moderados, então por favor não escreva ofensas ou faça alusões a qualquer tipo de preconceito.

Os comentários dos leitores não refletem as opiniões do blog.

Posts Relacionados