Feliz 2011
Postado por Maha - | Categorias: , ]

Confesso que 2010 vai deixar saudades, mas como sempre espero o melhor da vida, tenho certeza de que 2011 vai ser bem melhor!
Agradeço a todos os amigos e leitores do blog por esse ano inesquecível. Abaixo segue uma poema bem legal e faço dessas palavras o meu mais sincero desejo a todos vocês.

FELIZ 2011!!!

Eu desejo primeiro que você ame.
E que amando também seja amado,
E que se não for, que seja breve em esquecer
E que esquecendo, não guarde mágoa nem rancor.

Eu desejo que nem seja assim,
Mas que, se for, que possa ser sem se desesperar.

Eu desejo também que você tenha amigos.
E que mesmo maus e inconsequentes,
Eles sejam corajosos e fiéis,
E que em pelo menos um deles você possa confiar sem duvidar.

E porque a vida é assim, eu desejo também que você tenha inimigos.
Nem muitos, nem poucos, mas na medida exata para que, algumas vezes,
Você se questione a respeito das suas próprias certezas.
E que dentre eles, haja pelo menos um que seja muito justo,
Para que você lamente essa inimizade.

Eu desejo, além disso, que você tenha dinheiro,
Porque é preciso ser prático.
Mas que uma vez por ano você possa o encarar e dizer
"Isso é meu", para ficar bem claro quem é o dono de quem.

Eu desejo que você seja útil, mas nunca insubstituível.
E que nos maus momentos, quando parecer não restar mais nada,
Essa utilidade seja o suficiente pra manter você
De pé.

(O poema continua. Na verdade, na versão original, a estrofe sobre o dinheiro é a penúltima. O poema segue assim)

Da mesma forma, eu desejo que você seja tolerante
Mas não com os que erram pouco, porque isso é fácil,
E sim com os que erram muito e irreparavelmente.
E fazendo bom uso dessa tolerância, que sirva de exemplo aos outros.

Eu desejo que você, se for jovem, não amadureça depressa demais.
E se for maduro, não insista em rejuvenescer,
Porque cada idade tem o seu prazer e a sua dor
É necessário senti-los passar por nós.

Eu desejo ainda que você seja triste, não o tempo todo, apenas um dia.
Mas que nesse dia descubra que o riso diário é bom,
O riso habitual é insosso
E o riso constante é insano.

Com a maior urgência
Eu desejo que você descubra que,
Apesar de tudo e à sua volta,
Existem oprimidos, injustiçados e infelizes.

Eu desejo que você acaricie um gato,
Alimente um pássaro
E ouça o bem-te-vi erguer triunfante seu canto matinal.
Porque, dessa maneira, você vai se sentir bem por nada.

Eu desejo também que você plante uma semente,
Por menor que seja,
E acompanhe o seu crescimento.
Assim você saberá de quantas vidas é feita uma única árvore.

Eu desejo ainda que nenhum de seus afetos morra.
Mas quando isso acontecer,
Que você possa chorar sem se lamentar
E sofrer sem se culpar.
Eu desejo, por último, que você sendo um homem, tenha uma boa mulher,
E que sendo mulher, tenha um bom homem
E que se amem hoje, amanhã e no dia seguinte. E quando estiverem exaustos e sorridentes,
Que ainda exista amor para recomeçar.

E se tudo isso acontecer,
Eu não tenho nada mais a desejar.

("Votos", de Sérgio Jockman)

1 Comentário(s), faça o seu também!!!

Luciana Penteado disse... @ 31 de dezembro de 2010 17:17

Sabe, Maha, eu acho que aprendi tudo isso neste ano de 2010. Foi um aprendizado e tanto. Posso te garantir que estou começando este novo ano zerada, com as contas pagas e com créditos a receber, rs.
E que venha 2011.
Muito legal o seu post!
Beijos e desejos de um ano bom!

Postar um comentário

Faça seu comentário, será bem vindo!
Todos os comentários serão moderados, então por favor não escreva ofensas ou faça alusões a qualquer tipo de preconceito.

Os comentários dos leitores não refletem as opiniões do blog.

Posts Relacionados