A onda dos Vlogs
Postado por Maha - | Categorias: , , ]

Tirei um tempo pra ver alguns vídeos no youtube e nas minhas clicadas terminei vendo alguns vlogs (vídeocast) de blogueiros brasileiros ditos como os melhores da blogoesfera tupiniquim.
É engraçado como as coisas se potencializam na internet, um jovem sem nenhuma carga de vida, sem conhecimento algum sobre nada, achando que sabe de tudo do alto da arrogância natural de um adolescente, se torna um mega star, é seguido e idolatrado por milhares.

Alguns dos canais que vi são de propriedades de jovens assim. Com milhares de seguidores, ídolos virtuais e senhores da verdade absoluta. Ditam regras, modas e costumes. Que são ouvidos por outros e seus atos e pensamentos são copiados. Até ai tudo bem, afinal de contas tudo isso faz parte do processo de aprendizado do ser humano, mas... E quando esses mesmos jovens de certa forma interferem na cultura de forma negativa.

Leiam os comentários de alguns seguidores. (comentários sic)
- ei mano, tu eh fera!! caralho! vo seguir o q tu falou.
- mew to doido pra ve seu prossimo vidio.
- meti o pal nesses professores pagapau soh sabem dar liçam.
-  va si fude! to comtigo tu pensa como eu eh nois.
- cara vai ver meu vidios são fodas!
- adoro vc, tu fala muita merda até parece eu.
- segui seu conselho dei pra um primo q tem 16 anos, poha foi fodha!
- esses bixas tem + eh q se fuder  mesmo.

Dependendo do contexto o uso de palavrões cai bem, concordo. Porém não é o caso, acreditem.
Uma coisa é você abreviar, trocar letras aqui e ali, esquecer um acento ou errar uma concordância, não to falando que temos que ser peritos em gramática, o nosso idioma é complicado sabemos disso, pelo menos ter um pouco de cultura e saber se expressar, é o mínimo. Você pode argumentar dizendo que a grafia na internet é assim mesmo, te pergunto "Você contrataria um jovem assim?", tenho certeza que não.

Vi alguns vídeos de um desses "mega star", fui bombardeado com muitos palavrões e textos sem começo, meio e fim, preconceitos e etc... Nada de mais, apenas uma pessoa querendo falar e ter fama. O que to querendo dizer é que, os seguidores seguem o padrão do seguido é uma questão de afinidades. Um agrupamento natural de tribos que falam, pensam e tem o mesmo ideal. Ou seja, BURROS!
Em nenhum momento o blogueiro deu um toque no pessoal como algo do tipo "ei, vamos escrever direito". Perguntei a ele o que achava sobre isso, "isso eh com o governo e não cmgo, n tenho que ensinar ngm a escrever ou pensar n quero perder seguidores sendo chato", respondeu. Sensato?
Com milhares de seguidores, qual a responsabilidade dele pensando dessa forma? Não podemos nos escorar na sabedoria popular que diz que jovem é assim mesmo, não pensa e é irresponsável. Não acredito nisso. Existem sim, os banais, mas existem os que não são.

Só pra constar, o blogueiro que não vou citar o nome, não tem originalidade nenhuma, copia tudo, desde gestos dos famosos incluindo expressões e até o formato do vídeo. Vai ver o futuro do VLOG é esse mesmo. Como diz o velho e bom ditado "nada se cria, tudo se copia". Não encare como uma crítica pessoal, mesmo porque ele não é o único.

Embora aprecie a criatividade e total liberdade de expressão, percebo que esses vídeos são um retrato atual da cultura jovem Brasileira. Parece mais um circo alimentado por espectadores criados a sua imagem e semelhança.

"Se deseja tornar-se um ser humano melhor, se espelhe em quem tem algo de bom a lhe oferecer,
 busque conhecimento em fontes fiéis"

Maha

4 Comentário(s), faça o seu também!!!

Daniela Figueiredo disse... @ 29 de maio de 2010 23:15

Mahinha, a gente atrai aquilo que transmite. Cada um tem o seguidor e o seguido que merece. Não podemos generalizar quanto à imbecilização dos adolescentes atuais, muitos desses seguidores, garanto que nem assistiram a um vídeo do cara, seguem ele porque ele os segue, ou como no twitter, em que há várias pessoas seguindo outras por um mecanismo da internet que acrescenta seguidores na lista. Ou seja, o mundo ainda tem salvação... hahhaa, beijão.

Ricardo Roveran disse... @ 30 de maio de 2010 15:43

Bom,

Não ligo muito para o que estas pessoas fúteis pensam, afinal, existe todo tipo de gente.

Gandhi disse algo assim: Não é por que algumas gotas estão contaminadas que todo oceano está sujo.

Dias atrás um acidente de trânsito fez tudo parar na serra da cantareira, tive que descer do onibus e pedir carona, quase todo mundo ria e fazia piada de mim, andando a pé pela estrada e pedindo carona com o dedo, mas não demorou muito, um humilde homem com uma kombi sem porta, vendendo produtos de limpeza, me deu carona, um cara muito simples mesmo, me levou por 5 km sem cobrar um centavo e com uma boa companhia.

Esse tipo de gente, é que me faz acreditar no que Gandhi falou.
Nem todos são sujos e fúteis e é por esses que luto.

Espero ter contribuído, um grande abraço.

Ricardo Roveran
msn: rick_sp_sp@hotmail.com
twitter: @rick_sp_sp

victor disse... @ 26 de junho de 2010 13:34

Cara, ok, muitos vlogs são ruins. Mas tem 3 especialmente bons: PC Siqueira, Felipe Neto e Os Vagazoides. Eles não querem fama (acho), e ainda postam vídeos falando de sexo, escrever direito e tudo mais, não é só merda. Muita gente fica até estressado por eles tratarem isso de forma séria, esses 3 sempre tem uma mensagem no final.

Então peço que você não generalize os vlogs. Esses 3 são ótimos, quanto ao resto eu não faço a mínima ideia pois nem procurei assistir.

Abraços.

Maha disse... @ 26 de junho de 2010 22:33

Victor,

Em primeiro, valeu pelo seu comentário.

Segundo, como eu escrevi: "Existem sim, os banais, mas existem os que não são". Isso demonstra que não generalizei os vlogs.

Já vi alguns vídeos desses três que você citou. Não se engane, todos querem fama ou ganhar dinheiro, prova disso é que boa parte deles não tem emprego ou formação acadêmica nem tão pouco profissional (estou me referindo aos que vi), depois que alguns ficaram "famosos" com os vlogs, terminaram fechando acordos promocionais, O QUE É NATURAL! E estão certíssimos.

O foco do meu post foi mostrar que os jovens tem que ter atitudes, e que não são apenas modistas ou "maria vai com as outras", ter personalidade e bom senso pra saber o que é certo e errado. Temos que ter a mente aberta para absorver vários opiniões sobre o mesmo assunto, mesmo as contrárias, para assim formamos a nossa. E não apenas seguirmos o que todos dizem ser bom e incluo a mídia que em muitos casos precisa vender matéria e com isso termina escrevendo sobre qualquer coisa.

Os três que você citou são bons mesmos ou todos seguem o coro (incluindo eles) de que são bons e assim "se tornam bons".

Valeu amigo, isso que é bacana, a interação e a troca de ideias. Seja sempre bem vindo aqui.

Abraços

Postar um comentário

Faça seu comentário, será bem vindo!
Todos os comentários serão moderados, então por favor não escreva ofensas ou faça alusões a qualquer tipo de preconceito.

Os comentários dos leitores não refletem as opiniões do blog.

Posts Relacionados