Postado por Maha - | Categorias: ]

A rede social Facebook está sendo intimada pelo Reino Unido a criar o Botão do Pânico. O motivo é o caso recente de morte da adolescente Ashleigh Hall, de dezessete anos, após conhecer um homem que utilizava uma identidade falsa no Facebook.

O botão foi apoiado por cerca de 140 companhias do Reino Unido em dezembro de 2009, que tem por objetivo proteger as crianças de conteúdo online inapropriado.

A ideia inicial do projeto era disponibilizar um meio para que as crianças e seus pais possam relatar conteúdos inapropriados aos administradores dos sites. Além disso, os participantes também incluem ao acordo opções de pesquisas seguras, estabelecendo filtros que podem ser utilizados pelos pais no acesso que as crianças tem à internet.

Na mesma época do início do projeto, o Facebook criou um conselho para proteger as crianças e adolescentes participantes da rede social, formado por membros de entidades como a Common Sense Media, Connect Safely, Wired Safety, Childnet International e Family Online Safety Institute.

Fonte: Olhar Digital

1 Comentário(s), faça o seu também!!!

Luciana P. disse... @ 14 de março de 2010 19:49

Olá, Maha, isso é um fato interessante. Onde estavam os pais dessa adolescente? É muito simples para o Reino Unido culpar as redes sociais de qualquer coisa que acontece desse tipo intimá-los a tomar providências. No entanto, os pais é que devem fiscalizar todo e qualquer tipo de ação do filho em via de atitude suspeita.
Sei não, mas os pais andam muito acomodados ultimamente. Eu que o diga que sou professora.

Beijos!

Postar um comentário

Faça seu comentário, será bem vindo!
Todos os comentários serão moderados, então por favor não escreva ofensas ou faça alusões a qualquer tipo de preconceito.

Os comentários dos leitores não refletem as opiniões do blog.

Posts Relacionados