Namoro virtual
Postado por Maha - | Categorias: , ]

Uma coisa que sempre me chamou a atenção nessa loucura de internet e que não é novidade pra muitos, são os relacionamentos criados na esfera virtual.

Esta semana conversando com um amigo surgiu esse assunto, ele me contou sua  história. Ele conheceu uma garota numa sala de bate papo num daqueles dias que não tinha nada pra fazer, a conversa foi boa e migraram para o MSN, Começaram a conversar e trocar fotos, é claro a conversa era sempre no teclado e um belo dia resolveram comprar fones e microfones para poderem ouvir e falar um com o outro, com o tempo webcam. Perguntei e o telefone? Porque não usam o telefone? Ela não é de São Paulo, é de outro estado e longe por sinal, por isso o uso da internet, respondeu meu amigo.

Passaram  umas semanas e encontrei com ele, fiquei curioso queria saber como andava a evolução do seu  relacionamento, fiquei surpreso quando ele disse que estava namorando com ela. Pensei, como pode?  Não ter o toque e tudo ser vivenciado no abstrato, como fica o beijo? O sentir dos batimentos cardíacos, o toque na pele e o sexo? Não havia pensado por este ponto de vista, as expressões como ficam? Se to rindo "rs", tudo interpretado pela escrita, sim, tem a voz, mas e o olho no olho? Ah sim tem a webcam! Mas nada de sentir a presença física do outro. Eu acho isso fundamental, nós somos seres que precisamos da imagem pra servir de motivação. Como diz no oriente "Contemplando os objetos dos sentidos, desenvolve-se apego por eles". Simples, somos assim. É claro o amor corre por caminhos que ninguém no mundo pode explicar.

Outra semana e o encontrei, bom, pra mim a novela tava ficando melhor que a das oito, mas nem precisei perguntar, ele já foi logo falando que teve uma DR com ela via MSN. Não aguentei cai na gargalhada. Cara, como isso aconteceu? Perguntei quase sem conseguir falar. Percebi pela expressão dele que eu tinha que parar de rir rápido se não o direto de direita seria dolorido demais. Ele disse que ela interpretou errado uma frase que ele disse ao vê-la no MSN numa hora que ele achou que ela não estaria conectada. Tentou se explicar e ficou pior. Foi mais ou menos assim:
- Oi amor, ocupado?
- não, vc na net a essa hora?
- não ficou feliz em me ver? se assustou em me ver aqui?
- não, é que achei vc estivesse dormindo, só isso! foi até bom vc estar aí, como não tenho nada pra fazer podemos conversar por muito tempo.
- ah é! não quero ser tratada como segundo plano, quer dizer q vc conversa comigo quando não tem nada pra fazer.
- mas...

Pronto tava armado a maior DR do relacionamento deles hahahahahaha Sei que a colocação dele não foi das melhores.

Ele falou "porra pedi desculpas, achei que se pedisse desculpas tudo estaria de boa, mas que nada! ela me deletou do seu perfil e os emails dela não recebo mais, apagou as mensagens que havia deixado pra mim". Bom, nem preciso dizer que meu amigo tava na merda total! Amando uma mulher a distância e agora na maior fossa porque parece que ela se afastou de vez.

Eu não sabia o que falar pra ele, afinal fiquei sem entender também. E como diz o ditado "em briga de casal, ninguém mete a colher", não seria esse o caso, então falei: "vai ver ela esperava outra reação de sua parte, ela queria se sentir especial e ver que você ficou feliz em vê-la", "eu sei disso por isso pedi desculpas", respondeu ele.

Sei que com o avanço da internet, novos tipos de relacionamentos surgem, carinho virtual, amor virtual e até o sexo é virtual e com eles novos problemas como as DR's virtuais, brigas virtuais e etc.. Eu sou da moda antiga olho no olho e toque na pele, o modo natural.

O amor é envolto por um véu misterioso, precisa ser descoberto com as emoções, temos que nos conectar com a pele do outro e sentir o deslizar das mãos como o mesmo movimento que o mouse faz, interagir com o pensamento e captar as menores expressões no rosto do nosso amor.

Mas é um fato que a internet abriu novos horizontes, nesse as pessoas tendem a se soltar com maior facilidade e assim as conquistas são realizadas. Sim, é apenas um passo para um relacionamento promissor. Não vou falar das mentiras que rodam a internet, isso cada um usa seu feeling pra distinguir o certo e do duvidoso. E não digo que é impossível se apaixonar por alguém que nunca tenha visto ao vivo. Mas acredito sim, que a internet aproxima as pessoas e que boas amizades e até mesmo bons relacionamentos são gerados pela grande rede.

Vou ficar esperando pra ver como termina a novela de meu amigo, torço pra que ele  se acerte com sua namorada e passem para o próximo passo, o contato da pele. E se ela estiver lendo agora peço que dê uma chance, afinal ele pode ser seu grande amor, não é? Desentendimento temos a todo o momento, no MSN, orkut e etc.. não seria diferente. Falta o principal o olhar e a leitura facial que deixa a desejar e uma frase que tem um tom de brincadeira por ex. pode se tornar uma ofensa gritante. Aí até explicar, vai chão!!

Você que está agora conversando numa sala de bate papo qualquer, olhe para o lado, sua paixão pode estar sentado do seu lado como um viajante atrás de um grande amor.

Maha

8 Comentário(s), faça o seu também!!!

castrodigital.com.br disse... @ 12 de maio de 2009 17:54

bom texto, também já namorei virtualmente, mas prefiro cara a cara.

Leonel Fraga disse... @ 12 de maio de 2009 22:22

Por isso que eu sempre falo: Namoro para mim, só real.
Namoro sem beijo, sem toque, sem nada, para mim não é namoro.

[]'s!

Maha disse... @ 13 de maio de 2009 00:37

Castro: Obrigado pelo comentário! sim, cara a cara é melhor em todos os sentidos!
Abraços

Leonel: sim, namoro de verdade é só na real mesmo, agora não podemos negar que o primeiro contato pode ser via internet.
Abraços e obrigado pela visita

camila carla disse... @ 14 de junho de 2010 08:13

oi sou camila tenho 21 anos,conheci meu marido pela internet,eu morando mo brasil e ele na espanha mais ele tbm é brasileiro,nos conhecemos atravez do orkut do meu ex namorado,e depois tc no msn durante 10 meses e eu viajei p espanha p encontrar c ele,temi muito em vir por causa desses casos q acontecem por ai,mais hje somos muito felizes...acredito sim q namoro virtual da certo,depende muito do carater de cada um... sou muito feliz no meu casamento....

natalie disse... @ 25 de setembro de 2010 15:05

Ora, quem nunca experimentou criar um perfil nesses site de namoro... eu ja criei como no www.helloamore.com é bacana, trocar mensagens, esse romantismo virtual... mas depois é lógico que só ficar no virtual não dá, o físico tem que existir.
Alguns amigos que conheço e eu também, começaram o namoro desse jeito, pela net e depois o cara a cara... e posso dizer que ja são 3 anos de um ótimo relacionamento, não me arrependo!!!

Camila disse... @ 26 de novembro de 2010 14:42

A minha história não difere das demais, mas acho que o meu o caso foi um pouco mais sério, se estiverem dispostos a ouvir rs ...

Tudo começou a 4 anos atrás, eu tinha 17 anos morando em Brasilia, e ele ja beirava os 32 morando na Florida-EUA, conheci meu ex (virtual) no orkut, recadinhos vai recadinhos vem, resovlemos trocar msn, telefone e etc, a coisa foi ficando mais séria, então resolvemos "namorar" virtualmente, tudo muito bom, aquela sensação de novidade, de empolgação etc e tal, só que como toda "relação" tinhamos brigas frequentes, e sempre por motivos bobos, afinal não é nada fácil, um simples recadinho no orkut de um já era motivo para uma DR.

Mas nfelizmente a distância foi cruel demais conosco, ele por ser brasileiro e estar nos Estados Unidos ilegalmente não poderia vir e voltar quando quisesse, eu por ser menor de idade não poderia ir, e naquela época, não teria coragem mesmo rs, então depois de 2 anos de muita risada, muito respeito, inumeros telefonemas, o "namoro" chegou ao fim, mas mesmo assim continuamos conversando, confesso que não conseguia me afastar dele.

Só que depois de pouquissimo tempo, descobri que ele iria casar, aquilo foi como se tivessem me puxado o tapete, aquela sesação de perda, mas é estranho pq como assim "perda" ? Pq afinal nunca tivemos um ao outro, então mesmo sofrendo muito com a noticia, o desejei felicidades, e o "tirei" da minha vida, tirar no sentido de apenas bloquear, excluir do msn, excluir numero de telefones e etc ... pra quem não sabe, é assim que se termina um namoro virtual rs.

Camila disse... @ 26 de novembro de 2010 14:43

Continuação:

Eu sei que cada um seguiu sua vida, com novas pessoas etc e tal. Um pouco mais de um ano se passou, quando recebi um e-mail, e adivinhem de quem ? Dele mesmo, o e-mail dizia para adcioná-lo no novo endereço de msn, a principio fiquei um tanto quanto surpresa com o e-mail, mas não queria me envoler novamente em um lane tão serio quanto um "namoro virtual"... mas nós mulheres temo sum defeito muito grande, a curiosidade, é, depois de 30 dias que recebi o e-mail resolvi add, pois é, nos tornamos "amigos" novamente, ele me contou sobre o falido casamento e os problemas que enfrentara no momento, a esta altura ele ja estava morando em Seattle-EUA, na época, a diferença de horario entre nós, era muito grande, eram 6 horas de diferença, ou seja, quando eu já tinha almoçado, ele nem tinah tomado café da manhã ainda rs, eu sei que conversa vai, conversa vem, ele me cativou, e com o tempo assumimos algo muuuuuuuuito mais sério do que a primeira vez, só que dessa vez, eu já tinha 20 anos(um pouco mais madura) e ele 35, confesso que ele estava muito diferente, muito mais atencioso, mesmo morando tão longe, ele me ligava mais de 2x ao dia, era sempre muito perfeito, nunca me negava ajuda, era um amor de pessoa, depois de 5 meses de relação, resolvemos que eu deveria tentar o visto para passear nos Estados Unidos aproveitando para conhecê-lo, eu aceitei, minha familia sempre esteve a par de tudo, nunca nos criticaram por isso, afinal eramos 2 adultos e sabiamos dos riscos ... eu sei que arrumamos tudo, entrevista marcada para outubro de 2009 e a suposta viagem para dezembro. Estavamos contentes, pq achavamos que enfim nos conheceriamos, chegada o dia da entrevista, eu fui .. mas ai veio o pior: MEU VISTO FOI NEGADO! Foi um baque e tanto, afinal ja tinhamos planejado tantas coisas, e de alguma forma eu sabia que se não conseguisse aquele visto, nossa relação não duraria tanto, pq afinal, desgasta qualquer ser humano, isso de não poder tocar, beijar, olhar no olho, ir ao cinema, andar de maos das, ter fotos juntos etc. Ficamos muito triste mesmo assim, resolvemos ir adiante, só que depois disso, as brigas foram novamente se tornando frequantes, muito ciumes de ambas as partes, tudo era motivo de desconfiança e calunia, então, novamente, e depois de 17 longos meses, muitos telefonemas, muitas lagrimas, muitas mensagens de texto, muitos e-mails, muita saudade e muitos "Eu Te Amo" o relacionamento chegou ao fim.

A desculpa dele foi que não poderia mais "me" prender a ele, por eu ser jovem e cheia de vida ainda, que me amava o suficiente para me deixar viver sem ele, pois ele não saberia quando vinha ao Brasil ou se algum dia ainda voltaria pra cá.
E mai suma vez memso o amando muito, tive que ve-lo partir, espero que não volte mais, naõ suportaria mais uma dessas rs.

Enfim ... acredito se quiser nessa desculpa né ! rs

A questão é que todo e qualquer tipo de relacionamento, requer muito respeito e vontade dos 2 é uma via de mão duplas, só que quando não se tem a presença com o tempo, vc se desgasta e cansa da ausencia, cansa de sentir saudade e etc.

Mas fica a moral da história: TENTE ! É uma boa experiência, risco vc corre todo o tempo, principalmente quando se ama alguém que vc nunca viu, e quando se sabe que nem sempre viver isso quer dizer realizar !


Um Grande abraço a todos =D

Melância No Palito disse... @ 6 de maio de 2011 10:02

Olá, achei teu blog através do google, e gostei da tua escrita, adoro ler coisas interessantes, não sou boa com as letras, sou até dislexa, acho que é por isso que adoro quando encontro textos bem escritos, como os seus.
Parabéns e ótimo fim de semana p/ vc.
J.

Postar um comentário

Faça seu comentário, será bem vindo!
Todos os comentários serão moderados, então por favor não escreva ofensas ou faça alusões a qualquer tipo de preconceito.

Os comentários dos leitores não refletem as opiniões do blog.

Posts Relacionados