Corredores vegetarianos - Como repor as proteínas
Postado por Maha - | Categorias: , , ]

Os que me conhecem sabem que prático esportes regulamente e como sou vegetariano há mais de 30 anos, sempre vem aqueles questionamentos, não só por parte dos atletas mas como de pessoas que não fazem atividades físicas. O que você faz com a falta da proteína animal? Sempre respondo que substituo pela proteína vegetal encontrada em diversos grãos e derivados do leite. Uma coisa sempre me chamou a atenção, o fato da minha recuperação pós atividade física ser mais rápida e o meu desempenho ser igual ao dos outros atletas. Não sou daqueles que pregam o vegetarianismo pra todos, mesmo porque acredito que cada um sabe o que é melhor pra si.

Lendo a revista O2 por minuto me deparei com essa reportagem explicativa sobre esse assunto abordado por uma nutricionista, coloco aqui para vocês tirarem suas impressões, mesmo para aqueles que não são vegetarianos. Para quem quiser saber mais sobre alimentação vegetariana clique aqui, tenho uns artigos bacanas.


Saiba como garantir a reposição correta de nutrientes sem a ingestão de alimentos de origem animal.

Uma alimentação saudável deve fazer parte do dia-a-dia de todo corredor. O cardápio completo, composto de carboidratos, proteínas e gorduras, é peça importante em uma dieta balanceada, que auxilia o atleta a ter uma boa performance.

Mas e se você for vegetariano? Será que esse tipo de dieta é completa o suficiente para suprir todas as necessidades de um praticante de atividades físicas? Priscila Di Ciero, nutricionista especializada na área esportiva, explica a diferença entre os que comem carne ou não:

“Estudos mostram que a capacidade aeróbica entre os vegetarianos e aqueles que comem carne é semelhante. Nada indica que uma é melhor ou pior. Uma dieta balanceada, com ou sem carne, deve fazer parte de todo o trabalho para que a performance seja otimizada”, analisa.

Mônica Forte, nutricionista esportiva, também discute sobre esse tipo de alimentação. “A dieta vegetariana é rica em vegetais e frutas. Assim, esse corredor tem um consumo alto dos antioxidantes, substâncias que neutralizam os radicais livres produzidos pelo exercício, que podem causar doenças como câncer, doenças cardiovasculares, lesões musculares e provocam o envelhecimento”.

Como repor as proteínas?
Os vegetarianos são constantemente alvos de perguntas do tipo: “Como você repõe as proteínas?”. Mas essa substância, importante para os nossos músculos, não é encontrada somente nas carnes, como explica Mônica.

“A proteína é dividida em dois grupos, de acordo com sua origem: animal ou vegetal. A principal diferença entre ambas é o perfil de aminoácidos. A proteína animal apresenta todos os aminoácidos que nosso organismo necessita, enquanto que a de origem vegetal não. O único alimento de origem vegetal que os vegetarianos podem consumir e tem a mesma quantidade de proteína e qualidade de aminoácidos é a soja”, diz a nutricionista.

O pesquisador Douglas Galante, 26, corre desde os 16 anos e decidiu se tornar vegetariano logo após o início da prática do esporte, por amor aos animais e por considerar que esse tipo de alimentação poderia contribuir na proteção do meio-ambiente.

“Consigo substituir sem problemas as proteínas, especialmente porque consumo ovo, leite e derivados. Como grãos e óleos vegetais para conseguir a quantidade suficiente de ômega 3 e ômega 6, pois tenho tendência a ter colesterol alto”, conta o corredor, que também consome linhaça, quinua, grão de bico e gergelim. “Além disso, após os treinos costumo suplementar com um shake de proteína de soro de leite”, conclui.

“Alguns alimentos de origem vegetal são ricos em proteínas, como soja e seus subprodutos como tofu, missô e tempeh, além dos feijões, grão-de-bico, castanhas e quinua”, diz Priscila.

Vantagens
Mônica explica que a alimentação vegetariana, se for feita de forma consciente, pode ajudar não somente os corredores, mas também qualquer pessoa a ter uma vida mais saudável:

“A alimentação sem carnes é saudável sempre que equilibrada, e com os nutrientes excluídos reforçados por outros alimentos ou suplementos. Com a exclusão da carne, consome-se muito menos gordura saturada, que é prejudicial ao coração e aumenta níveis de colesterol e gordura corporal”, diz a nutricionista.

“A dieta vegetariana é naturalmente rica em carboidratos, o que ajuda na prática da corrida, pois este nutriente é a principal fonte energética, importante para antes e depois do exercício, e deve aparecer ao longo do dia de acordo com quantidades estipuladas por um nutricionista esportivo”, complementa Priscila.

Após 10 anos de vegetarianismo, Galante lembra das diferenças que sentiu na corrida com a mudança. “Quando parei de comer carne, não senti diminuição em minha performance. Aliás, a digestão é muito mais rápida para os vegetarianos. Temos que comer mais vezes, mas estamos sempre com o máximo de energia”.

Fonte: Fausto Fagioli Fonseca - O2 por minuto

6 Comentário(s), faça o seu também!!!

Daniela Figueiredo disse... @ 11 de abril de 2009 16:00

Quando fiz reeducação alimentar, na dieta que meu nutrólogo me indicou, para os vegetarianos ele substituía a carne pela combinação do arroz com feijão. Água, frutas e verduras à vontade (quanto maior o consumo, melhor) era indicado para os dois, vegetarianos e os não vegetarianos. Não sou fã de carne, não sinto tanta falta como alguns sentem, mas gosto de alguns pratos. Há muitos alimentos que substituem a carne, mas o bom mesmo é procurar um nutricionista e fazer uma avaliação, para saber se não está em déficit de alguma vitamina. Beijos pra ti.

Maha disse... @ 12 de abril de 2009 20:03

Sim, sem dúvida fazer um acompanhamento é sempre importante para todos, independente de ser ou não vegetariano. bjss

Jamille Queiroz disse... @ 4 de maio de 2009 15:12

Sua postagem foi muito útil. Me tirou algumas dúvidas de como repor proteínas quando não se come carne. Obrigada.

Maha disse... @ 4 de maio de 2009 15:48

Jamille: Obrigado pelo seu comentário e volte sempre!

Anônimo disse... @ 27 de setembro de 2010 22:11

Que bom que você postou isso, virei vegetariana recentemente por amor aos animais e estava preocupadissim com a questao das proteinas, ainda bem que como muita soja!
beijos

Anônimo disse... @ 15 de novembro de 2010 22:49

Nossa sou vegetariana desde criança e sempre me questionam o por que de ser vegetariana ja que todos na minha familia são "carnivoros"? (rsrsrsrs)
mas ate hoje confesso nunca descobri essa resposta.
adorei essa postagem, me ajudou bastante porque sempre tive duvidas se minha alimentação estava sendo correta.

Postar um comentário

Faça seu comentário, será bem vindo!
Todos os comentários serão moderados, então por favor não escreva ofensas ou faça alusões a qualquer tipo de preconceito.

Os comentários dos leitores não refletem as opiniões do blog.

Posts Relacionados