Vire o "amigo gay" dela e dê o bote
Postado por Maha - | Categorias: ]

O escritor gay David Carter vive cercado de mulheres e dá dicas de bastidores para os héteros. Mas a questão não é virar "gay", e sim termos sensibilidade para entendê-las.

1 Abra os olhos
Assim como as mulheres, os gays são extremamente detalhistas, e nenhum jamais deixaria de perceber quando uma mulher está com um penteado/sapato novo e elogiá-la por isso. Mas não diga apenas que o vestido novo é "bonito" - comente sobre a cor ou o modelo. Um elogio com detalhes soa muito mais sincero que um genérico.

2 Tenha empatia
Héteros não curtem empatia. Isso dá trabalho. Exige que você se coloque no lugar de outra pessoa para compreender o que ela está sentindo. E gays são mestres nisso. Se a mulher chora, o hétero dá tapinhas nas costas dela. O amigo gay acompanha a choradeira, e às vezes é disso que ela precisa.

3 Pare de bancar o machão
Ficar batendo no peito pode impressionar bastante seus colegas homens, mas não afeta as mulheres em nada. Para falar a verdade, uma das principais razões para mulheres e gays se darem tão bem é a aversão em comum que os dois têm por toda essa postura de homem macho agressivo. Por isso que, quando confrontadas com uma situação violenta, 80% das mulheres afirmam que fogem da situação ou tentam negociar em vez de enfrentá-la.

4 Não congele o rosto
Expressões faciais são parte inerente da maneira que os gays (e as mulheres) se comunicam. De acordo com Allan Pease, co-autor de Why Men Don't Listen and Women Can't Read Maps (Por Que Homens Não Ouvem e Mulheres Não Conseguem Ler Mapas), elas utilizam seis expressões faciais para ouvir a cada dez segundos, enquanto os homens só têm uma. Imite as expressões dela.

5 Baixe a guarda
Vulnerabilidade é sexy para as mulheres. Gays sabem disso. Pare de manter sua cara de mau. Mostre que às vezes você não suporta tanta coisa e se emociona. Ela vai abraçá-lo forte contra o peito dela.

60,3% das mulheres acham que o homem deve saber atingir os pontos certos para que elas gozem sempre

Ela odeia quando você usa: muito gel de cabelo; camisa para dentro da calça; roupas de couro; gravatas com estampas engraçadinhas

Fonte: Men's Health

7 Comentário(s), faça o seu também!!!

André Luís Leite disse... @ 8 de março de 2009 12:41

a vida toda o homem tenta se entender...isso nao existe...somos pura quimica...se voce quer se fazer de gay se faça mas voce nao vai comer ninguem a mais. sensibilidade nao se adquire: vem de berço.

Maha disse... @ 8 de março de 2009 12:57

André,

Concordo plenamente contigo, acho que esse negócio de conquistar é pura e simples questão de química mesmo. Mas as dicas do textos valem para que muitos homens prestem mais atenção nas mulheres e não como um manual de sensibilidade mesmo porque como você mesmo disse isso já vem com o ser humano e sim, como dicas.

Valeu pelo comentário e obrigado pela visita.

abraços

Valéria Silva disse... @ 8 de março de 2009 13:15

Oi André, não concordo contigo neste ponto: que sensibilidade vem de berço.
Sim, muitas pessoas nascem com a sensibilidade mais aflorada do que outras, mas o ponto em questão é que os homens podem aprender sim a ter mais sensibiliadade no trato com as mulheres. Como por ex. delicadeza e dar mais atenção.

Maha, valeu pelo artigo e sua colocação foi direta.

Gostei de seu blog, parabéns!

Abração

Ana P. disse... @ 8 de março de 2009 15:44

Eu gosto de gravatas estampadinhas.

E sei lá, talvez eu não seja uma mulher convencional, mas... esse negócio de sensibilidade demais me irrita. Se tipo, eu chorar e o homem chorar junto comigo, eu vou dizer "oi? fumou maconha?"

Bom... talvez aí seja a MINHA falta de sensibilidade.

Mas é... dizem... DIZEM... que pra comer mulé vale tudo, então se os homens acham que assim comerão mais, bem... num custa tentar.

Maha disse... @ 8 de março de 2009 17:18

Valéria: obrigado pela visita e seja bem vinda sempre que quiser.

Ana P.: Sim, concordo contigo, o homem tem que manter as suas caracteristicas de ogro, não podemos ser sensiveis demais, se não já viu né. E esse negócio de que vale tudo pra comer as muié, não é bem assim, não. Um homem tem que saber se valorizar e saber escolher bem a mulher faz parte disso.

hahahahahaha

bjss

EU SOU NEGUINHA disse... @ 8 de março de 2009 20:46

Sair com um amigo gay de verdade é tudo de bom...hahahaha,não rola o bote,mas ele te deixa nas alturas...
Adorei o texto.rindo aqui.
Beijoca

Daniela Figueiredo disse... @ 10 de março de 2009 01:16

Adoraria ter um amigo gay, mas amigo, viu? Os gays são sinceros, falam a verdade, dizem se a roupa realmente caiu bem ou respondem na lata a perguntas do tipo: "Estou gorda?" Eles não têm medo de dizer: "Está, santa, e pode começar a fazer aquele regimezinho básico para perder esta barriga enorme que tomou conta do teu ser!" Amiga não é tão sincera assim, prefere não falar para não magoar. E namorado, nem pensar em ter tamanha sinceridade, hehehe.
Quanto aos homens agirem conforme os gays, não sei se concordo, não gostaria de ter um homem mais insano que eu, como se quisesse concorrer comigo. Concordo com a Ana quanto aos excessos, meiguice e homem chorão, ninguém merece! Beijos, Maha.

Postar um comentário

Faça seu comentário, será bem vindo!
Todos os comentários serão moderados, então por favor não escreva ofensas ou faça alusões a qualquer tipo de preconceito.

Os comentários dos leitores não refletem as opiniões do blog.

Posts Relacionados