A Crise segundo Albert Einstein
Postado por Maha - | Categorias: ]

"Não pretendemos que as coisas mudem, se sempre fazemos o mesmo. A crise é a melhor benção que pode ocorrer com as pessoas e países, porque a crise traz progressos. A criatividade nasce da angústia, como o dia nasce da noite escura. É na crise que nascem as invenções, os descobrimentos e as grandes estratégias. Quem supera a crise, supera a si mesmo sem ficar superado.
 
Quem atribui à crise seus fracassos e penúrias, violenta seu próprio talento e respeita mais aos problemas do que às soluções. A verdadeira crise é a crise da incompetência. O inconveniente das pessoas e dos países é a esperança de encontrar as saídas e soluções fáceis. Sem crise não há desafios, sem desafios, a vida é uma rotina, uma lenta agonia. Sem crise não há mérito. É na crise que se aflora o melhor de cada um. Falar de crise é promovê-la, e calar-se sobre ela é exaltar o conformismo.
 

Em vez disso, trabalhemos duro. Acabemos de uma vez com a única crise ameaçadora, que é a tragédia de não querer lutar para superá-la."

Enviado por e-mail por Tophe - blog do Tophe

2 Comentário(s), faça o seu também!!!

EU SOU NEGUINHA disse... @ 17 de fevereiro de 2009 09:54

Acredito que a única crise ameaçadora ao homem,é ele mesmo e o seu medo de ser feliz..
è isso ai,lutar é a palavra.
Beijos Insanos
Nega

Anônimo disse... @ 17 de fevereiro de 2009 10:41

Cara, adorei este texto!!!

Eu o recebi há uns anos e perdi.

vlw

Postar um comentário

Faça seu comentário, será bem vindo!
Todos os comentários serão moderados, então por favor não escreva ofensas ou faça alusões a qualquer tipo de preconceito.

Os comentários dos leitores não refletem as opiniões do blog.

Posts Relacionados