Intervalo amoroso
Postado por Maha - | Categorias: ]

O que fazer entre um orgasmo e outro,
quando se abre um intervalo
sem teu corpo?

Onde estou, quando não estou
no teu gozo incluído?
Sou todo exílio?

Que imperfeita forma de ser é essa
quando de ti sou apartado?

Que neutra forma toco
quando não toco teus seios, coxas
e não recolho o sopro da vida de tua boca?

O que fazer entre um poema e outro
olhando a cama, a folha fria?

3 Comentário(s), faça o seu também!!!

Flávinha Diniz disse... @ 30 de janeiro de 2009 11:23

Que maravilha!!!

Andei lendo seus poemas, gosto do seu estilo.

Sempre visito seu blog mas nunca havia comentado.

beijão

Laura disse... @ 30 de janeiro de 2009 13:15

Imaginei meu namorado recitando este poema no meu ouvido com uma voz de desejo.

Fiqui arrepiada só de pensar!!

Parabéns!

EU SOU NEGUINHA disse... @ 1 de fevereiro de 2009 16:17

Uiiiiiiii..
Fiquei insana aqui...
Doce,sensível e sensual.
Beijos Insanos

Postar um comentário

Faça seu comentário, será bem vindo!
Todos os comentários serão moderados, então por favor não escreva ofensas ou faça alusões a qualquer tipo de preconceito.

Os comentários dos leitores não refletem as opiniões do blog.

Posts Relacionados