Maha em apuros!!
Postado por Maha - | Categorias: , ]

Tava morrendo de fome depois de uma manhã sugante e difícil. É gente pra quem não sabe forçar o "TICO & TECO" ao trabalho árduo pode levá-los ao cansaço próximo da morte.. rss 

Fui almoçar num restaurante no centro de São Paulo, escolhi uma mesa e comecei a saborear o divino alimento, nisso sentaram-se ao meu lado quatro lindas mulheres, parece que tinham aberto as portas da FORD MODELS, quando digo linda é porque é linda mesmo.

De repente a conversa delas me pareceu interessante, afinal de contas estavam malhando os homens, hahahah e cada uma contando sua experiência com a forma genérica de macho, porque naquele momento era isso que eu me sentia sendo o único representante da classe ao lado delas. Senti-me um zero a esquerda e a vírgula estava a anos luz de distância. Sério mesmo, sem noção, pra ser mais correto quanto à situação: senti-me o cocô da lombriga do cocô do cavalo do bandido (eita zorra!!!! agora fui fundo). E pra ser sincero estava quase querendo entrar na briga e defender a classe, mas como seria meu approach? Se nem ao menos as conhecia. Observei por um tempo e percebi que eram duas advogadas, uma arquiteta e a outra médica, todas amigas de longa data e pelo visto muito bem resolvidas. Ai pensei... O que falta então? Porque malhar tanto nós, os únicos salvadores das mulheres; a raça dominante, afinal de contas não esqueçam que sem nós o que seriam das mulheres? (essa foi apenas pra dar uma cutucada hahahha). Foi ai que percebi que uma me olhou, pensei... Vou esperar a "deixa" e atacar!!! Já estava com meu arsenal de argumentos na ponta da língua e sem modéstia argumentar é comigo mesmo. Foi então que uma delas descendo a lenha em seu namorado falou algo tão engraçado que não tive como conter o riso quase querendo rachar o bico de tão engraçado, nessa hora uma delas olhando pra mim disse “e não é?!”. Essa foi a tão esperada "deixa", olhei pra elas e rindo disse: “Caracas!!! Coitados de seus namorados, eles não merecem isso!!”, pronto a conversa tava engatada e pra minha sorte são mulheres simpáticas e divertidas. Era Eu contra quatro e posso dizer que a guerra foi dura e hilária. 
As questões levantadas por elas com relação aos seus relacionamentos desejos e projeções vou manter em segredo apenas pra torturá-los... Brincadeira. São as mesmas de qualquer pessoa independente de ser homem ou mulher. Alguns questionamentos que até certo ponto são corriqueiros. Exemplo: elas disseram que nós homens fazemos determinadas coisas que irritam as mulheres e fazemos sem saber ou por vezes de pirraça e que não sabemos valorizá-las. Respondi: que quanto a valorizar isso de certa forma é verdade, nem todos sabem demonstrar o que sentem pela mulher que esta ao nosso lado, mas também isso esta acontecendo muito com as mulheres hoje em dia (neste ponto elas concordaram), mas que para sermos mais realistas em nossos comentários deveríamos definir o que significa “valorizar” para as mulheres. Com relação ao outro ponto disse: Isso que é o maior barato!! Dois universos definitivamente diferentes que se aproximam pela necessidade de não ficar só e dessa união nascem frutos de todos os gostos e formas, alguns mais saborosos e fáceis de comer e outros nem tanto. Imaginem se tudo fosse como numa linha de produção; simples, monótono e sem os obstáculos que a vida nos presenteia o tempo todo, seria chato pacas! Bom, confesso que o argumento foi chulo, mas o que esperar já que vocês mulheres também nos irritam e muito. rsssss 

Três delas estão com sérios problemas com seus namorados, não entramos em detalhes, mas a insatisfação é quase mortífera, ouvi de tudo e de todas na ótica feminina, me senti como se estivesse num paredão minutos antes do fuzilamento. Nesse momento pensei... ME FERREI!!!. Conversamos acho que por mais de duas horas.

Uma delas me perguntou o que eu achava da liberdade que as mulheres haviam conquistado e se eu as achava complicadas como os homens sempre dizem.

Respondi: Que a liberdade era bem vinda, e que graças a DEUS vocês haviam conquistado com muito esforço e dedicação. Na verdade sempre achei a mulher desvalorizada na área profissional, sabemos que existem diferenças cruciais em determinados aspectos entre os homens e as mulheres. Porém isto esta sendo equalizado à medida que as mulheres tomam o poder e adentram no mundo com sua maturidade profissional. Por outro lado, a liberdade levou-as a serem dominadas e a pensarem como os homens no sentido machista. Como? Simples, muito comum ouvir "Hoje não vou DAR pra ele", se você pararmos pra analisar isto é um termo machista, e é amplamente racionalizado entre as mulheres. Sei que para muitas mulheres o ato de se doar e dar prazer ao parceiro, à deixa feliz e com a sensação de ser especial e desejada. Esse foi apenas um exemplo, elas começaram a rir e no final concordaram. Para muitas e diria grande parte das mulheres que estão na fase de desenvolvimento pessoal e profissional se vêem tendo que duelar por tudo e com todos e isso extrapola para o âmbito sentimental. Sempre achei que a mulher deveria ser protegida pela sociedade masculina, não confundir com ser dominada. A mulher tem a beleza, a sensibilidade, inteligência e sutileza (entre tantas outras qualidades), agora se esta mesma mulher além dessas qualidades for independente financeiramente, tenha planos e objetivos a cumprir, batalhe na vida de igual pra igual com homens e sabe valorizar seu companheiro, podemos dizer que é uma grande mulher. Não esqueçam que muitas delas têm dupla jornada (casa e filhos). Uma mulher assim todos os homens irão desejar ter ao seu lado. Então cabe a nós homens, deixar, incentivar e dar oportunidades para que mulheres assim cresçam que nem mato. 

Uma delas disse uma coisa que sempre pensei estar acontecendo: "A mulher moderna está esquecendo-se de ser mulher antes de qualquer coisa". Concordei e é um fato que a mulher que admite ser romântica e que quer um homem ao seu lado pra sentir orgulho de ter alguém especial, batalhando, crescendo, caminhando e compartilhando seu dia a dia; deu lugar para mulher moderna que não acredita em amor e sim em estabilidade conjugal, leia-se nas entrelinhas estabilidade financeira e emocional (todas concordaram).

Leio em muitas revistas e sites que visito que cresce o número de mulheres que estão atrás da sua "alma gêmea" e todas na casa dos 30 a 40 anos, isto é um reflexo de como hoje em dia a mulher busca em primeiro lugar sua estabilidade financeira e profissional (valorizo isso), contudo, esquecem de ser o que sempre foram, "a inspiração dos poetas”. Em resumo se as acho complicadas? Não, de forma alguma, se admitimos que são complicadas então admitimos que somos incapazes de compreendê-las. Há uma grande diferença nisso. Mas também sei que muitas derrapam em seus sentimentos e valores muito mais que nós, como todos sabem os homens são práticos neste sentido. Quando nós homens falamos "EU TE AMO", dizemos por que somos impulsionados por vários mecanismos que não entram em conflito entre si, ou seja, é verdade. Mas você não vai ouvir isso sempre de um homem, tai a praticidade que me refiro, sei que é chato e até certo ponto frio. Neste ponto acho que nós temos muito a prender com as mulheres. 

No final não houve vitoriosos, e como diz o velho jargão "entre mortos e feridos, salvaram-se todos".

Acho que nunca iremos racionalizar de forma a entender o universo do sexo oposto, e é justamente isto que torna tudo mais saboroso e misterioso.
See you later...

4 Comentário(s), faça o seu também!!!

Andréia disse... @ 18 de dezembro de 2008 15:07

Oi!!!

Como me diverti nesse dia...

Só pra você saber, terminamos analizando você.. rsss
Achamos muito engraçado como você colocou os seus argumentos.

Parabéns pelo blog!

bjss

Patricia Freire disse... @ 18 de dezembro de 2008 15:41

Oi meu lindo!!

Já conhecia seu blog e fiquei surpresa quando me disse o nome do seu, achei que seria muita conscidência. Tive que entrar pra conferir.

Você teve coragem em entrar na nossa conversa, risos
No final foi muito bacana.

A forma como escreveu foi surreal!!

Nos vemos qualquer dia desses.

Bj

Maha disse... @ 19 de dezembro de 2008 16:31

Valeu!!!

Obrigado pelos comentários!!!

Espero não ter sido crucificado por vocês...rsss

Qualquer dia desses nos vemos de novo.

bjss e fiquem em paz!!

Amanda disse... @ 20 de dezembro de 2008 17:51

Ah fala sério!!!
Vai dizer que não gostou de passar umas horas conversando conosco?? rs

Maha foi um barato conversar contigo e parabéns pelo blog.

Gostei da resposta a pergunta da Ruivinha sobre ela ser piriguete. Acho que infelizmente nós mulheres nos colocamos nessa posição mesmo.

bju

Postar um comentário

Faça seu comentário, será bem vindo!
Todos os comentários serão moderados, então por favor não escreva ofensas ou faça alusões a qualquer tipo de preconceito.

Os comentários dos leitores não refletem as opiniões do blog.

Posts Relacionados