Casal discutindo
Postado por Maha - | Categorias: ]

É domingo e como de costume fui ao parque Villa Lobos aqui em São Paulo, para exercitar o esqueleto e deixar o corpo em forma, não sou praticante apenas de finais de semana, prático esportes regularmente. Conselho: pratiquem uma atividade física seja qual for, faz bem para o corpo e é uma tremenda higiene mental. Mas só façam exercícios depois de fazer uma boa avaliação física.

Achei que estaria livre das confusões que a vida nos presenteia.. hahaah Engano meu.. bom, desta vez não foi comigo e sim com um casal de namorados.

Corro sempre o mesmo percurso que tem 2100 m em +/- 9 minutos e repito 10 vezes, total de 21000 m ou seja 21 km... dá pro gasto.. coloquei estes dados pra vocês verem o tempo que durou essa história.

Quando fazia minha primeira volta (a ida) passei por um casal que estava sentado num banco e logicamente estavam exercendo uma das práticas mais maravilhosas (pleonasmo necessário) que existe, NAMORAR!

Na volta, eles estavam exercendo com primor a arte de namorar. Continuei e me perguntei "quando é que começa a acabar o amor ou a paixão?". Se nós observarmos o casal naquele estado não diríamos e muito menos acreditaríamos que no futuro de repente eles nem se olhem mais. Então pra não atrapalhar a concentração na corrida deletei tudo da cabeça.

Em todas as idas e vindas pelo percurso via o casal dando exemplo prático do que é namorar. Quando na terceira volta percebi que algo estava errado, estavam discutindo. E pelo que percebi era a garota que estava querendo saber alguma coisa do rapaz. Ele nitidamente se defendendo.

Ai estava um boa resposta para minha pergunta, começa com um desentendimento entre outros fatores é claro. Continuei minha rotina e numa das passagens pelo local vi que o casal estava de pé discutindo  e dando a impressão de rompimento certo.

Outra volta, lá estavam eles tentando se entender, até mudaram de banco.

Ora era a garota que puxava o cara pra ele não ir embora e ora era o rapaz. Bem, pelo menos havia interesse em se entender.

Já estava na minha quinta volta e pensei será que até o final vou ver um final feliz? 

Cada vez que completo o percurso paro pra tomar água. Enquanto esperava minha vez na fila do bebedouro ouvi duas mulheres comentando sobre um casal que estava discutindo. Perguntei pra elas se era o mesmo casal, disseram que sim e que estavam torcendo pra eles se entenderem. Por mais que tenhamos nossas diferenças ainda assim torcemos pela felicidade alheia, nem ao menos os conhecíamos  e esperávamos um final feliz, vai ver essa é a fórmula de sucesso das novelas.

Voltei pra minha corrida. Passando pelo local vi que o casal havia mudado de banco novamente. Mas sem chances, tava lá o cara levando "chinelada" da namorada. Pelo visto ele deve ter aprontado alguma coisa ou então ela desconfiava do nada, as mulheres tem disso mesmo(só pra cutucar). O fato é que a conversa estava mais afiada se é que me entendem. E assim foi durante minhas voltas seguintes.

Na nona volta o casal enfim dava ar de terem se entendido. Estavam ali meio que já se acariciando e a conversa já tinha um tom "melado" pelo menos é o que parecia, mas ainda eu não tinha visto o desfecho.

Na última volta quando já estava pra lá de cansado, as pernas pesadas, suado parecendo que tinha acabado de sair de uma sauna, pensei... será que eles vão se entender de vez ou presenciei um final de namoro ou pior, vou ficar sem saber parecendo as mulheres que ficam putas de raiva por terem perdido o último capítulo da novela. Curiosidade mata mesmo.

Quando passei por eles vi que realmente tinham chegado ao final feliz!!

Finalizei meu treino e fui tomar água de coco, encontrei as duas garotas e elas me perguntaram se eu tinha visto mais alguma coisa, respondi "FINAL FELIZ!".

Imaginem a quantidade de pessoas que também presenciaram. Naquele dia fomos espectadores da vida real.

3 Comentário(s), faça o seu também!!!

Luciana Tavares disse... @ 22 de dezembro de 2008 20:29

Aconteceu a mesma coisa comigo, só que no caso eu estava no meu trabalho e da janela que fica em frente a minha mesa eu observei um casal se desentendendo e depois terminando num belo beijo.

Foi engraçado porque na hora era apenas eu a observar mas a medida que passava o tempo outros funcionários da empresa começaram a observar. Uma verdadeira novela.

Feliz Natal!!

Daniela Figueiredo disse... @ 22 de dezembro de 2008 22:49

Oi, Maha:
Incrível como um simples exercitar-se nos faz presenciar certas coisas. Às vezes estamos tão absortos com a própria vida, pensando nos nossos problemas, que deixamos de ver o que acontece na nossa volta. Este fato lhe valeu um post! Fico imaginando o que o casal deve ter pensado ao te ver passando pela décima vez por eles, hehehe. Ainda bem que fizeram as pazes, para a alegria da Nação. Brigar é sempre ruim, mas ele deve ter aprontado alguma.
Um Feliz Natal pra ti e um 2009 repleto de grandes acontecimentos na tua vida. Que tu consigas realizar teus planos da melhor forma possível.
Beijos pra ti.

Anônimo disse... @ 23 de dezembro de 2008 15:17

Haahah... Adorooooooooooo!!!
É incrível perceber como o maquinário da sua cabeça funciona rsrs...nossa viu!!!
Essa eu tinha q comentar... só vc msm. Bjoss *****

Postar um comentário

Faça seu comentário, será bem vindo!
Todos os comentários serão moderados, então por favor não escreva ofensas ou faça alusões a qualquer tipo de preconceito.

Os comentários dos leitores não refletem as opiniões do blog.

Posts Relacionados