Mentiras no relacionamento
Postado por Maha - | Categorias: , ]

...não dá para conviver com o fantasma da desconfiança
Por mais que a gente acredite que não vai fazer mal contar uma mentirinha para o(a) parceiro(a), uma coisa é certa: a mentira tem pernas curtas. A psicóloga e terapeuta sexual Iara Jukemura, do Núcleo de Psicoterapia Cognitiva de São Paulo, afirma: não existe mentira positiva. Todas são negativas e têm poder suficiente para acabar com qualquer relacionamento, já que a base mais sólida das relações humanas é a confiança. “A pior coisa que existe é uma pessoa descobrir que foi enganada. Por isso, mesmo que a verdade seja dolorosa, é melhor optar por ela”, diz Iara. E se você não for capaz de fazer isso, assuma seu erro o mais depressa possível, diga que mentiu, porque assim sua chance de ser perdoado é maior. É mais fácil perdoar uma fraqueza momentânea do que uma mentira. E também é mais fácil perdoar o(a) mentiroso(a) que assume a sua fraqueza do que perdoá-lo(a) quando sabemos da mentira através de outra pessoa”, explica a psicóloga. O fato é que o relacionamento deixa de ser saudável no momento em que a mentira entra em cena. A partir daí, quem mente passa a conviver com dois fantasmas: o da mentira e o do medo de ser desmascarado(a). Talvez, por isso mesmo, muita gente começa a acreditar na própria mentira: é como se, assim, pudesse se defender. Se for descoberto(a), o único caminho é assumir que errou, que foi covarde. “Bater o pé e persistir na mentira só vai piorar as coisas”, afirma Iara. Como a mentira interfere na relação amorosa? Danos irreversíveis, porque o amor saudável se baseia, principalmente, na confiança entre os parceiros. Sem confiança, não há tranqüilidade e o amor não se desenvolve. “Quando um parceiro perde a confiança no outro, o relacionamento acaba”, diz Iara. É preciso lembrar também o quanto é dolorosa a sensação de sentir-se traído(a). A pessoa que mente dificilmente é perdoada e o parceiro(a) enganado passa a desconhecer e a questionar quem é aquela pessoa. E o que é mais devastador: ao tomar conhecimento da mentira, o(a) parceiro(a) passa a acreditar que todo o relacionamento é uma grande mentira.
Veja os efeitos devastadores que a mentira causa à relação:
Decepção – a descoberta de que o(a) parceiro(a) não era exatamente quem a gente pensava que fosse.
Sentimento de fracasso – por ter cometido ume erro de avaliação e ter se apaixonado por alguém que não é confiável.
Desconfiança – incapacidade de continuar apostando na relação.
Ressentimento/mágoa – por se sentir desconsiderado, não importante, desrespeitado.
Desrespeito – o parceiro enganado, insconscientemente, se vinga do mentiroso.
Desinteresse – o enganado passa a ver o mentiroso como uma farsa.
Ruptura – o amor não resiste muito tempo, e mesmo que o sexo seja maravilhoso, também passa a ser questionado como possível encenação.
Fonte: Fernanda Dannemann

6 Comentário(s), faça o seu também!!!

hamer_01 disse... @ 29 de janeiro de 2009 01:06

A poucos dias minha namorada mentiu pra mim e eu acabei descbrindo pela tia dela..Maxucou muito.Conversamos e tudo,mais apartir dakele momento nao sera mais a mesma coisa,pois sempre ficarei com um pé atras no que ela falar pra mim q fez. Esse texto se encaixa muito bem na minha situação e no que estou sentindo,e acho que de muitos que ja leram.Parabens Dotora.Sucesso.

Anônimo disse... @ 1 de setembro de 2009 17:51

Eu adorei esse texto, ele fala tudo... Mexeu muito comigo, meu namorado ta sempre mentindo e eu já nem sei mais o que eu faço porque eu já perdi toda a minha confiança. Não consigo mais acreditar em nada do que ele me diz ou a onde ele está. Eu pedi um tempo pra ele, porque se for pra ficar comigo que fique sem mentiras. É muito difícil você descobrir que foi enganado, porque voce fica sem reação nenhuma. Dói demais... E só quem ama sabe!
esste texto me ajudou a refletir bastante...

Obrigada.

Anônimo disse... @ 1 de junho de 2010 18:39

nossa adorei esse texto vou pensar mais em minha vida ocorre muitas mentiras em meu relacionamento ,mais eu amo ele demais e não queria que ele fosse mentiroso comigo obrigado pelo texto isso vai me ajuda a viver melhor e ser feliz sem ele nao aguento mais as mentiras dele

tania disse... @ 28 de outubro de 2010 14:07

tenho uma pessoa a tres anos e semana passada descobri que ate o nome dele não era verdadeiro ,como nome o que fazia e a cidade que morava,ele se dizia viuvo de uma paramedica tdo mentira ,dizia que morava sozinho mentira tbem,mora no fundo da casa da mãe dele.enfim mentiu tdo e eu amei uma fantasia ,um homem que na realidade não existe,o pior que minha filha se afastou de casa por causa desse relacionamento,eu tenho 49 anos e minha filha 25 ja casada.não sie se converso com ele bem francamente .sei de tdo a uma semana e estou esperando ele vir aqui para gente conversar ,mas qro ouvir ele 1 antes de tomar uma decisão ...eu o amo sim e muito não pelo que ele dizia ter e sim pela pessoa que era pra mim ....me ajudem oque faço e como faço para resolver isso sem me amgoar mais ainda Tânia

Anônimo disse... @ 22 de dezembro de 2010 21:23

conheci uma pessoa a tres anos,muito bacana.sincera ,honesta a qual nao tinha um relacionamento bom com o marido se apaixonamos,hoje ela tem depressao e vejo que ela esta mentindo para mim por causa de uma amiga estou perdendo toda confiança nela já não sei quando ela fala a verdade ou não isto é muito ruim até o amor esta se indo isto é muito ruim

Anônimo disse... @ 28 de maio de 2011 03:11

Namoro a aproximadamentf 2 anos. No começo nunca tive motivos para desconfiar dela. Com o passar do tempo comecei a observala bem pois n estava mais achando o comportamento dela normal cmg, maís por um bom tenpo acreditei talvez em uma mentira .
Hoje foi a dispidida dela p a viagem d 6 meses na gringa,cm ela bebeu um pouco soltou uma mentira e n se ligou. Chegou um amg dla na festa q eu nunk ouvi falar e ela agil totalmente fora do normal cmg, dps d uma ela falou q saiu cm a prima dla e ele. Jamais havia pego uma mentira dla e um dia antes da viagem descubro.
Jamais menti d verdade, mais aprendi q nem td oq parece eh. E nunca se sinta culpado por ter UMA PULGA ATRAZ DA ORELHA!

Postar um comentário

Faça seu comentário, será bem vindo!
Todos os comentários serão moderados, então por favor não escreva ofensas ou faça alusões a qualquer tipo de preconceito.

Os comentários dos leitores não refletem as opiniões do blog.

Posts Relacionados